Rua: São Francisco Xavier, 75 - Tijuca - Rio de Janeiro, RJ
21 2234-2094 ou 21 2234-2095 / paroquiasfxavier@yahoo.com.br

Salmo 60 (61)

33259_skalolaz_solnce_nebo_1920x1200_(www.GdeFon.ru)

Este salmo traz a oração daquele que deseja escalar e alcançar o pico da montanha mais alta. Apesar de desterrado e angustiado ele reza e manifesta a Deus este desejo com um pedido muito confiante:“Transportai-me ao rochedo que não consigo alcançar, o rochedo mais alto, onde eu possa descansar e sentir segurança” (v. 4).

À primeira vista parece um pedido absurdo, escalar um monte dá cansaço, e no pico de um monte não se encontra segurança. Mas, a segunda parte desse versículo muda totalmente o sentido da prece:“Vós, ó Deus, sois a montanha do meu refúgio e fortaleza, minha torre forte contra o inimigo”.

Que beleza de pensamento, que riqueza de desejo! Esta é a altura que devemos buscar. Esta é a fortaleza segura: Deus.

O pedido do salmista continua: “Desejo habitar sempre em vossa casa, porque junto de vós sinto firmeza!” (v. 5).

Depois o salmista pede pelo seu rei, Davi. Como nós, aqui, não possuímos rei, eu pensei no Papa, e convido a todos para orarmos pelo nosso Papa Francisco. É algo que ele está sempre pedindo: ‘Rezem por mim!’. Rezemos com o salmo: “Prolongai a vida do nosso Papa. Que seus dias ultrapassem muitas gerações” (v. 7).

A Igreja precisa de certas reformas e nosso Papa está buscando fazê-las. Contudo, muitos lhe fazem resistência, como fizeram ao próprio Filho de Deus, que ele representa como cabeça visível do Corpo de Cristo, que é a Igreja.

Com o salmista procuremos estar unidos com Jesus; amemos sua casa, ou seja, a sua Igreja. Oremos para que Deus conceda ao Papa toda firmeza, brandura e seriedade nas reformas esperadas. E cantemos com o salmista: “Então, com salmos e canções, exaltarei o vosso nome para sempre e cumprirei com alegria as promessas que vos fiz” (v. 9).

Dom José Maria Maimone
Bispo emérito de Umuarama (PR)

Tags:
Print This Post