Rua: São Francisco Xavier, 75 - Tijuca - Rio de Janeiro, RJ
21 2234-2094 ou 21 2234-2095 / paroquiasfxavier@yahoo.com.br

DEUS, O CRIADOR

Acossado no deserto pela multidão de rebeldes, Moisés continuou sendo vítima da ingratidão de quase todos os subordinados, particularmente, de seus íntimos Aarão e sua irmã Maria. Eles, esquecendo-se da irmandade e movidos pela inveja, reclamaram da honra dada por Deus a Moisés, mas o patriarca se mostrou digno da admiração por sua mansidão.  Estando ausente no alto do Sinai em colóquio com Deus, passou 40 dias e noites sem se alimentar e não teve fome; conheceu o seu mundo futuro, mas Deus não lhe prometeu nenhum repouso nem fartura oriundo desse desejo. O criador não permitiu que visse seu rosto e conforme citado na Bíblia, nenhum homem verá meu rosto e continuará vivendo (Ex 33.20).

Cá embaixo, sem notícias do patriarca o povo se agrupou em torno de Aarão por imaginarem estar Moisés morto e se entregaram novamente à desordem e luxúria, tentando desacreditar o Deus Único a quem Moisés chamava de Jeová.

Deus soube perdoar e passado o tempo da desgraça do bezerro de ouro e o arrependimento sincero de Aarão junto ao monte Horeb, Moisés, orientado por Deus, decidiu provar sua imparcialidade perante todos, antes de indicá-lo sacerdote do templo, e convocou os chefes de cada tribo para colocarem um bastão seco em frente do santuário, marcados com o sinal de seu dono. Cada tribo, uma vara. Na vara de Levi estava escrito Aarão. Dessas varas secas, sem casca, sem raiz e sem vida floresceu do lenho, ramos, botões, flores e amêndoas.   Moisés retornou na tenda do testemunho no dia seguinte, entrou no pavilhão e verificou que, dentre todas as varas, somente a de Aarão floresceu (Nm 17, 16-24).

Mesmo para aqueles que não tem fé é um portento o bastão que estava seco, sem casca, sem raiz e sem vida, tornar-se fértil de repente.  É a manifestação da divindade que fez também aparecer, lá no alto do Sinai, nas mãos do patriarca duas tábuas da lei de mármore translúcido não existente na região, sem nenhuma inscrição em protesto contra a devassidão do povo e que Moisés atirou contra o bezerro de ouro.

Somente Deus o Criador pode criar do nada.

 Colaboração: Ubirajara de Carvalho (Membro do Apostolado da Oração)

Print This Post