Rua: São Francisco Xavier, 75 - Tijuca - Rio de Janeiro, RJ
21 2234-2094 ou 21 2234-2095 / paroquiasfxavier@yahoo.com.br

JUDIARIAS PORTUGUESAS NO SÉCULO XV

O édito da expulsão dos judeus da Espanha foi decidido pela maioria dos judeus que preferiram abandoná-la, fugindo do tribunal da Inquisição e não se converter.

A partir de 1492 houve a dispersão em direção à Portugal. Eles entraram pelo norte, contando com a boa vontade do rei D. João II. A adaptação da colônia na sociedade medieval portuguesa foi rápida, bastando verificar que anos mais tarde cerca de 1/5 da população do reino era de origem judaica. Todos dedicados ao trabalho e contribuíram, enormemente, no avanço da ciência náutica e no desenvolvimento da expansão do reino. Dentre eles, destacou-se o astrônomo e historiador Abraão Zacuto que chegou a ser nomeado astrônomo real e historiador da corte de D. João II até o início do reinado de D. Manoel I. Zacuto foi professor na Universidade de Salamanca durante anos e um incentivador das grandes viagens oceânicas para o Oriente. Estudou as correntes marinhas e seus estudos guardados a sete chaves definiu a chamada grande volta do mar que possibilitou a navegação para as Índias através do Oceano Atlântico, sobrepujando as correntes e ventos alísios que empurravam as caravelas para o norte na costa da África. Zacuto publicou o Almanaque Perpétuo contendo as tábuas astronômicas, resultando em grande avanço para a navegação; aperfeiçoou o astrolábio permitindo aos navegantes seguir além. Em parte, foi também responsável pela descoberta do Brasil já que foi a “grande volta do mar” que fez as caravelas chegarem à costa da Bahia a caminho das Índias.

Enquanto viveu em Portugal, foi um defensor ferrenho dos interesses da corte. Infelizmente, foi expulso junto com outros judeus por não aceitar o batismo e se tornar um cristão novo.  Mario Soares, quando presidente em 1989, pediu perdão simbolicamente e hoje sua memória está perenizada em museu e ruas de cidades portuguesas.

Colaboração: Ubirajara de Carvalho (Membro do Apostolado da Oração).

Print This Post