Rua: São Francisco Xavier, 75 - Tijuca - Rio de Janeiro, RJ
21 2234-2094 ou 21 2234-2095 / paroquiasfxavier@yahoo.com.br

“Agora é tempo de testemunhar a Caridade”, disse D. Orani

untitled2Iniciou-se na manhã desta terça-feira, 07, a tradicional Trezena de São Sebastião, em preparação para a Festa do Padroeiro da Arquidiocese do Rio de Janeiro e da cidade carioca, que será celebrada no próximo dia 20 de janeiro.

Em consonância com o “Ano da Caridade”, segundo indicado pelo 11º Plano de Pastoral da Arquidiocese, a comitiva que acompanha a Imagem peregrina de São Sebastião, trazida por Estácio de Sá, visitará nesses próximos 13 dias paróquias e capelas dedicadas ao Santo, diversas instituições e obras de promoção humana, além de hospitais e repartições públicas.

Para o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, “agora é tempo de testemunhar a Caridade”.

“Sabemos que amor e caridade significam a mesma coisa. Sabemos também que, entre os cristãos, o termo caridade tem sido mais destinado ao socorro de quem está sofrendo.

Sabemos, por fim, que nunca podemos separar o amor a Deus do amor aos irmãos, e que este amor aos irmãos tem maior sensibilidade para as situações de agudo sofrimento”, afirmou.

De acordo com o prelado, o intuito da Trezena é proporcionar o testemunho público da Fé.

“A trezena de São Sebastião é uma grande missão popular, através da peregrinação com a Imagem missionária de nosso padroeiro, que percorre os mais variados locais. Ele é exemplo de um carisma a seguir na vida cristã”.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA), localizado no centro do Rio de Janeiro, foi o primeiro lugar a ser visitado pela Imagem peregrina de São Sebastião, que foi levada ao auditório geral do hospital, local onde ocorreu uma breve celebração presidida por Dom Orani.

“O ser humano, além de remédio, também precisa da vida transcendental, de estar com o Senhor”, ressaltou o Arcebispo.

Logo depois, o prelado visitou a enfermaria da unidade para dizer algumas palavras de Fé e esperança aos doentes. (LMI)

Por Gaudium Press, com Arquidiocese do Rio de Janeiro

Print This Post