Rua: São Francisco Xavier, 75 - Tijuca - Rio de Janeiro, RJ
21 2234-2094 ou 21 2234-2095 / paroquiasfxavier@yahoo.com.br
Destaques, Reflexão do Dia › 29/05/2014

A distância dos corações

Um grande mestre chinês, reunido com seu grupo de discípulos, resolveu ensinar algo sobre os relacionamentos. Dirigiu-se ao grupo e perguntou:

– Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?

Os discípulos pensaram por alguns instantes e começaram a responder:

– Gritam porque perdem a calma – disse um.
– Gritam porque querem chamar a atenção.
– Gritam porque são incapazes de controlar seus instintos.
– Gritam para serem ouvidas – disse outro.

Então o mestre voltou a questionar:

– Mas para que gritar quando a pessoa está do seu lado? Não é possível falar-lhe em voz baixa?

Outros discípulos tentaram responder, mas nenhum conseguiu dar uma resposta satisfatória. Foi então que o mestre explicou:

– Quando estamos aborrecidos ou chateados, nosso coração se afasta muito do coração da outra pessoa. Para cobrir essa distância, começamos a gritar. Quanto mais nervosos ou aborrecidos estivermos, mais alto gritaremos e menos seremos ouvidos. Ao contrário, vejam o que acontece com as pessoas que se amam. Elas falam suavemente, sussurram uma à outra e são muito bem compreendidas. Isso acontece porque os seus corações estão muito próximos. Às vezes, estão tão próximos que nem é preciso falarem, basta um olhar ou um gesto e já se entendem.

coração

Print This Post